Se até o cafezinho da praça e o bolo da vizinha têm propaganda no Facebook, imagine a falta que divulgação online faz para a visibilidade e o faturamento de uma empresa? O Brasil é o país que mais usa redes sociais na América Latina, o que torna o boca a boca virtual tão significante quanto a tradicional conversa entre conhecidos ou vizinhos. Por isso, hoje em dia, traçar uma estratégia nas redes sociais é essencial para que o produto e serviço oferecidos sejam vistos e lembrados.
Posts divertidos, enquetes, anúncios na timeline ou simplesmente a marcação de um cliente pelas hashtags são algumas das ferramentas para falar com o público-alvo nas redes sociais. Parece fácil criar estes posts, mas quando se trata da construção de uma marca focada em lucros, é bem diferente. O que antes era feito por um quebra-galho, agora, é realizado por um especialista ou agência que vai criar não apenas o conteúdo como, a partir de métricas, definir o melhor horário de publicação, quanto gastar em cada postagem e em quais canais. Escolher um influenciador digital ou uma ação com os clientes, por exemplo, também fazem parte desta estratégia.
De acordo com o Facebook, a presença virtual impacta, em média, até 20% no faturamento das micro e pequenas empresas. Por outro lado, também de acordo com dados da rede, dois em cada três usuários da plataforma ainda não seguem uma marca ou serviço que desejam, o que mostra como as empresas ainda falham na divulgação.
Mas, como se destacar nas redes sociais?
O fim da visualização dos likes no Instagram sela a tendência de se valorizar cada vez mais os outros dois indicadores essenciais para um impacto efetivo do negócio: engajamento e interatividade. A especialista em marketing para microempresas Silvia Martins explica que, na conta da empresa ou do profissional no Insta, a biografia deve ser clara sobre quem você é e o que faz.
“É nesse espaço que você poderá explicar sobre a sua marca, o propósito do negócio e qual problema pode resolver para a sua audiência”, explica a especialista. Outras duas dicas para impulsionar a empresa no Insta, segundo ela, é ter um feed organizado e uma “Lista de Melhores Amigos” para enviar novidades e promoções em primeira mão.”

Fonte: Gazeta do Povo
Por Marketing CCM-ULA