Com o enfraquecimento da exportação da soja no Brasil, a comercialização está levemente atrasada na comparação com o ano passado. Segundo levantamento feito pela DATAGRO Consultoria, até 5 de abril, as vendas da temporada 2018/19 atingiram 52% da produção esperada, ante 54% observado em mesmo período do ciclo anterior.

Essa queda ocorreu devido a maior concorrência internacional, principalmente dos Estados Unidos, retraindo a demanda brasileira.

De acordo com a consultoria, o esperado comportamento misto de preços e próximo da estabilidade foi confirmado, fato que estimulou as vendas nas praças onde as cotações estiveram mais aquecidas.

Já em relação às vendas de milho de verão 2019, o montante chegou a 32% da produção obtida, contra 21% de um mês atrás, e contra 27% em igual momento do ano passado.

Neste momento, as vendas também estão um pouco acima dos 30% da média para cinco anos. Já para a safra de milho de inverno 2019,39% da produção estimada já está comprometida pelos produtores, contra 32% no mês anterior. O percentual está bem acima dos 26% registrados em abril de 2018 e também um pouco acima dos 36% da média normal.

Considerando a data até 5 de abril, a colheita da safra de soja 2018/19 atingiu 83,0%, acima dos 77,9% da semana anterior e também maior sobre os 80,8% da média para 5 anos.

Para o milho da safra de verão 2019 foi também limitado o avanço dos trabalhos, com a colheita atingindo 73,1% na região Centro-Sul, pouco acima dos 69,3% da semana anterior. O ritmo é maior em relação aos 70,0% em igual momento de 2018, mas abaixo da média de 78,3% para cinco anos. De acordo com a DATAGRO, a expectativa para esta nova semana é de bom avanço, já que deve predominar o clima seco.

Por Marketing CCM-ULA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *